Blog

Conheça 4 opções de tratamento para compulsão alimentar

A dependência alimentar é um problema de saúde mental em que uma pessoa se torna viciada em comida, especialmente junk foods processados .

Como o vício em comida não resolve por si só, é melhor buscar uma opção de tratamento para viver saudavelmente. Felizmente, existem várias alternativas, programas e terapias que disponibilizam tratamento para o vício em comida e esse artigo listará as 4 opções mais comuns de tratamento que irão lhe ajudar a superar e ter uma melhor qualidade de vida.

1. Programas especializados e grupos de apoio

Uma maneira de lidar com o vício em comida é encontrar um programa que lhe acolha e ajude nos momentos de dificuldade. Eles são quase idênticos aos Alcoólicos Anônimos (AA) – exceto que a substância do vício é diferente.

Em um programa assim, as pessoas participam de reuniões com outras pessoas que também lutam com o vício em comida. O apoio mútuo pode causar um grande impacto ao lidar com o vício em comida. Encontrar pessoas que compartilham experiências semelhantes e estão dispostas a ajudar pode ser fundamental na reabilitação dessas pessoas. Esses grupos são projetados para fornecer um espaço acolhedor e sem julgamento.

Aqui no CREEO disponibilizamos de grupos de apoio diariamente, em diversos horários, para que todos os nossos clientes sejam acolhidos e sintam-se confortáveis para frequentar os grupos com os quais se identifique mais com os colegas e o coordenador/psicólogo de sua preferência. Sentir-se inserido ao grupo é como ter uma família aqui que lhe dará suporte incondicional.

2. Terapia comportamental cognitiva

Uma abordagem psicológica chamada terapia cognitivo-comportamental (TCC) mostrou resultados no tratamento de vários distúrbios alimentares, e por isso tornou-se uma grande aliada de quem busca um tratamento para compulsão, pois os distúrbios alimentares compartilham muitos dos mesmos sintomas que a dependência alimentar. Então ao procurar auxílio psicológico, procure um profissional que tenha experiência com dependência alimentar.

3. Programas de SPA

Atualmente existem já também alguns spas/retiros que oferecem tratamentos para distúrbios alimentares. Geralmente com uma estrutura que se assemelha muito à um hotel, esses retiros têm acompanhamento de profissionais que te ajudarão a evitar impulsos alimentares, oferecendo refeições equilibradas e saudáveis, atividades físicas e tratamentos estéticos para te ajudar a se libertar dos seus impulsos compulsivos durante a estada nesses lugares.

4. Psiquiatras e terapia medicamentosa

Embora não haja ainda nenhum medicamento específico para o tratamento da dependência alimentar, fazer uso de medicação é outra opção a se considerar.

Os medicamentos antidepressivos e anti-ansiedade não curam a dependência alimentar, mas podem ser uma ferramenta útil para ajudar a aliviar os sintomas de depressão e ansiedade. Isso pode permitir que uma pessoa se concentre na recuperação de um distúrbio alimentar ou alimentar. Um psiquiatra pode explicar as diferentes opções disponíveis e fazer uma recomendação com base nas circunstâncias de um indivíduo ou no plano de tratamento específico.

Então se você tem compulsão por comida, procure ajuda. Aqui no CREEO temos uma equipe altamente qualificada para lhe receber. Aqui você não estará sozinho! 💪

Comentários